NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 5 de dezembro de 2020

inquerito barragem itabirito

 

 

 

 

A Polícia Civil de Minas conclui  o inquérito sobre rompimento de uma barragem de rejeitos de minério em Itabirito, na Região Central do estado. O acidente foi em 10 de setembro de 2014 e três funcionários da Herculano Mineração morreram soterrados pela lama. Um outro ficou ferido.

De acordo com a Polícia Civil, a delegacia de Itabirito apurou as causas, materialidade e autoria decorrentes do rompimento das barragens. Na ocasião, morreram Christiano Fernandes da Silva, Adilson Aparecido Batista e Reinaldo da Costa Melo, funcionários da mineradora. Outro funcionário, Geraldo Matozinho Moreira, sofreu escoriações e foi socorrido com vida.

A Polícia Civil informou que detalhes do inquérito e sobre os indiciamentos somente serão divulgados em uma coletiva à imprensa prevista para as 14h desta quarta-feira, no prédio do IFMG (antigo Cefet), em Itabirito. Também não deu detalhes sobre os resultados dos laudos técnicos de perícia que apontam a causa do rompimento da barragem. O inquérito foi presidido pelos delegados Mellina Clemente e Rodrigo Bustamante, da regional de Ouro Preto. Também estará presente na coletiva Otávio Goulart, perito criminal com formação em Geologia, que foi o responsável pela análise da causa do rompimento.