NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 2 de dezembro de 2020

policia fiscaliza véu

 

 

 

A polícia iraniana parou nos últimos oito meses quase 40.000 carros dirigidos por mulheres que não usavam o véu islâmico da maneira correta, anunciou o serviço de tráfego de Teerã, citado pela agência Isna.

As autoridades anunciaram em novembro que os carros com motoristas ou passageiras sem o véu ou com a peça mal colocada seriam apreendidos durante uma semana.

O véu é obrigatório para as mulheres no Irã, sejam iranianas ou estrangeiras, independente da religião, desde a revolução islâmica de 1979.

“Nos últimos oito meses, adotamos medidas contra mais de 40.000 carros de mulheres que usavam o véu de maneira incorreta e, na maioria dos casos, os carros foram apreendidos e o caso enviado à justiça”, declarou o general Teymur Hoseini.

Há alguns anos, nas ruas de Teerã e das grandes cidades da província, não é raro observar motoristas que fazem o véu deslizar sobre os ombros e mulheres que deixam o cabelo aparecer.

Em setembro, duas mulheres foram condenadas a pagar 260 dólares pelo uso incorreto do véu islâmico.