NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 16 de setembro de 2019

Fonte: Jornal O Tempo

 

Um homem, de 18 anos, foi preso pela Polícia Civil suspeito de ter batido, enforcado e ateado fogo em um idoso, de 65 anos, em Divinópolis, cidade do Centro-Oeste do Estado. Outro jovem, de 19 anos, que também participou do crime, está sendo procurado pela corporação. Depois de cometerem o crime, eles roubaram sucatas e R$ 20 da vítima. A informação foi repassada pela instituição nesta segunda-feira (26).

 

De acordo com a Polícia Civil, a dupla foi até a casa de Luiz Antônio Emery da Fonseca com a intenção de roubá-lo. Na residência da vítima, os dois homens a agrediram e usaram uma corda para enforcá-la. “Percebendo que ele não havia morrido, colocaram-no no banheiro da casa e atearam fogo”, afirmou o delegado regional Leonardo Pio explicando como a dupla concluiu o crime.

 

Depois de matarem o idoso, os homens enterraram o corpo dele debaixo de um pé de limão plantado na casa dele. A vítima chegou a ficar desaparecida por mais de uma semana.

 

A corporação informou ainda que imagens de câmeras de segurança ajudaram a identificar os suspeitos do crime e a chegar até um deles. Ao ser interpelado pelos policiais, um dos suspeitos confessou o crime e indicou o local onde o corpo havia sido enterrado.