Principal suspeito de matar menina Bárbara comete suicídio

3/08/2022 | Minas Gerais

Polícia isola área onde principal suspeito da morte de Bárbara foi encontrado morto – Foto Videopress Produtora

 

 

O principal suspeito de ter assassinado a menina Bárbara Vitória Lopes, de 10 anos, quando ela teria saído para ir à padaria, foi encontrado morto na casa de uma tia dele, no bairro Cachoeirinha, na regional Nordeste de Belo Horizonte. O homem, de 50 anos, teria se matado com uma corda em um dos quartos da casa, na tarde desta quarta-feira (3).

 

Fontes ouvidas pela reportagem disseram que, após ter sido liberado pela Polícia Civil, o homem teria ido para a casa da tia e ficado isolado em um quarto por conselho dos próprios policiais. Os investigadores teriam o alertado para a possibilidade de linchamento caso ele permanecesse em Ribeirão das Neves, em função da comoção causada pelo assassinato da criança. Segundo fontes, o suicídio teria sido em desespero por ele estar sendo acusado pelo assassinato. A tia dele foi quem o encontrou morto.

 

Cenas de câmeras de segurança mostraram que, pouco antes do sumiço da menina, enquanto ela subia a rua de um lado, na calçada oposta estava esse homem com calça e blusa pretas, com uma sacola nas mãos. Os dois andaram no mesmo sentido, pareados, quando Bárbara decidiu atravessar a rua para se encontrar com ele. A menina andou atrás do homem e ele fez um sinal para que ela se afastasse. O homem trocou de lado da rua e Bárbara o seguiu para a outra calçada.

 

Em outro trecho da via, a garota apareceu andando atrás do homem pela mesma calçada. Em uma esquina, ele falou algo com ela. Bárbara ficou parada por alguns minutos naquele local, enquanto o homem seguiu caminhando. Pouco tempo depois, ele voltou e os dois continuaram a andar juntos no sentido oposto.

 

No velório da criança, a informação é a de que outros dois suspeitos também teriam sido encontrados mortos na tarde desta quarta-feira (3). Policiais militares consultados pela reportagem disseram que a informação procede, mas não deram detalhes. Esses outros dois homens foram vistos em vídeos correndo na direção da criança, como se tivesse a perseguindo, pouco tempo antes do sumiço dela. Os dois usam bermudas brancas e um deles está de blusa preta, enquanto o outro está com camisa vermelha.

 

Por O Tempo

 

 

 

Veja também