Professores do estado aprovam indicativo de greve

16/02/2022 | Educação, Minas Gerais

Principal reivindicação da categoria é o pagamento do piso salarial – Foto Pixabay

 

 

Professores da rede estadual de educação aprovaram, nessa terça-feira, 15/02, indicativo de greve a partir de 8 de março. A reivindicação da categoria é de que o governo pague o piso salarial aos profissionais.

 

De acordo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE MG), haverá também outras “ações de luta”.

 

“Nossa mobilização é fundamental para que o governo Zema cumpra com o piso salarial, que é um direito constitucional. Reforçamos que, além de não apresentar nenhuma política de reajuste salarial, o governo Zema, desde janeiro de 2019, já foi notificado dessa cobrança pelo Sindicato. A Educação enfrenta um empobrecimento estrutural”, disse a coordenadora geral do sindicato, Denise Romano.

 

 

 

 

Veja também