NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 23 de abril de 2021

Pará de Minas, Divinópolis e Formiga são as cidades com maior número de casos na região – Foto Reprodução Internet

 

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), divulgado nesta quarta-feira, 03/02, apontou que a região Centro-Oeste, até a última segunda, 01/02, registrou 331 casos prováveis de dengue.

De acordo com o boletim, Pará de Minas, Divinópolis e Formiga são as cidades com maior número de casos na região até o momento com 63, 37 e 33 casos respectivamente. Itaúna, Abaeté, Arcos, Dores do Indaiá e Oliveira foram as cidades que menos registraram casos prováveis da doença, todas com apenas um caso registrado.

Minas Gerais registrou registrou 4.375 casos prováveis (casos notificados exceto os descartados) de dengue. Desse total, 904 casos foram confirmados para a doença. Foi confirmado um óbito por dengue no Estado, até o momento, na cidade de Paracatu.

 

Chikungunya

Segundo o boletim, Lagoa da Prata aparece com dois casos prováveis de chikungunya, um caso a mais que no boletim anterior. Também segundo o informativo, em Minas Gerais foram registrados 1.065 casos prováveis da doença e, desse total, 160 casos foram confirmados.

Não há óbito confirmado pela doença em nenhuma cidade do Estado.

 

Zika

Em relação aos casos prováveis de zika, o boletim do Estado apontou que nenhuma cidade da região Centro-Oeste registrou até o momento casos prováveis ou confirmados da doença.

Apesar disso, no Estado foram registrados 58 casos prováveis e, desse total, 2 casos foram confirmados.

 

Confira o Boletim Epidemiológico aqui

 

Com G1