NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 14 de junho de 2021

A partir de agora as regiões na Onda Vermelha passam por análise mais minuciosa – Foto Maria Fernanda/Santana FM

 

De acordo com a recomendação do Comitê Extraordinário Covid-19, que se reuniu na manhã desta quinta-feira 03/06, o Governo de Minas Gerais decidiu que, a partir de domingo, a macrorregião Oeste terá que adotar medidas mais restritivas durante a Onda Vermelha do Programa Minas Consciente

 

A partir de domingo, salões de beleza, clubes e academias estão proibidos de funcionar.

 

Há ainda a proibição de eventos, de atrativos culturais e naturais e  alimentação em Bares e Restaurantes – limitados até as 19h; após este horário, apenas delivery, sem retirada em balcão.

 

Em Itaúna, desde essa quarta-feira 02/06 esta proibido o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos e em bares, restaurantes e lanchonetes. também esta proibido a a realização de eventos de qualquer espécie em estabelecimentos comerciais, incluindo residências, bares e chácaras.

 

Esportes coletivos não profissionais estão interrompidos (partidas de futebol e outras modalidades) e o funcionamento de estabelecimentos comerciais pode ir somente até às 22h30, exceto em atividades relacionadas à saúde, segurança, assistência e indústrias em geral.

 

Compras no supermercado controlado por CPF

 

A ida aos supermercados será controlada por meio do número final do CPF do consumidor, sendo pares e ímpares em dias alternados.

 

O Estado explicou que esta nova definição, que inclui as macrorregiões do Triângulo do Sul, Sul, Oeste, Leste do Sul e Centro-Sul, é feita a partir de metodologia proposta pela Sala de Situação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

 

A partir de agora as regiões na Onda Vermelha passam por análise ainda mais minuciosa dos indicadores Incidência e Espera por Atendimento, para identificar as tendências de piora na transmissão da doença e na ocupação de leitos e possíveis filas.

 

“Esta gradação dentro da onda vermelha é importante, pois estamos em um momento heterogêneo da pandemia no estado, com cenários diferentes, porém críticos. Dentro destas diferenças, ressaltamos a necessidade de medidas mais restritivas, ainda, para evitar o estresse do sistema de saúde”, explicou o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti. Segundo ele, o momento ainda é de incidência alta da covid-19 no estado.

 

O Estado aponta que tantos as mortes como casos de internação por Covid-19 vêm caindo entre a população idosa vacinada com mais de 70 anos. Até a manhã desta quinta-feira, 250 pacientes suspeitos ou confirmados para Covid-19 aguardam por internação em leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), em Minas Gerais.

 

Conforme o Estado, a combinação dos indicadores Incidência e Espera por Atendimento resulta na classificação dos cenários, que podem variar: Epidemiológico Desfavorável, Assistencial Desfavorável ou Assistencial e Epidemiológico Desfavorável.

 

Há também a preocupação com o feriado prolongado de Corpus Christi, por isso a Polícia Militar fará rondas nos municípios para reforçar, por meio de carro de som, os protocolos mais restritivos da Onda Vermelha, segundo o Estado.

 

“Buscamos aumentar o entendimento da população sobre a necessidade de segurarmos a transmissão do vírus. As medidas restritivas locais são fundamentais neste sentido e é importante sensibilizarmos a população para isto”, afirmou Fábio Baccheretti.

 

Atendimento por nº de CPF em supermercados começa nesta quarta