Secretaria de Saúde monitora números da Covid-19 em Itaúna

23/09/2020 | Itaúna

Foto: Santana FM

 

 

Itaúna registrou nos últimos dias um aumento expressivo do número de casos de pessoas contaminadas pelo novo Coronavírus, batendo o recorde de pessoas infectadas num periodo de 24h.

A Secretaria Municipal de Saúde, o Comitê Municipal de Enfrentamento e Casa de Caridade Manoel Gonçalves de Souza Moreira fazem acompanhamento sistemático deste quadro, assim como desde o início da pandemia.

 

De acordo com protocolos estabelecidos pelo Governo do Estado de Minas Gerais, e com a autorização da Secretaria de Estado da Saúde, o município permanece na onda amarela até o momento, o que permite liberações controladas de atividades.

 

“Diariamente são avaliados a quantidade de novos casos, evolução da doença, ocupação de leitos para atender possíveis pacientes infectados, dentre outros aspectos, sempre com intuito de pautar a tomada de decisões” afirmou o município.

 

Segundo nota oficial, mesmo com os 10 óbitos ocorridos até esta terça-feira, 22/09, o índice de mortalidade (por 100.000 habitantes) registrado em Itaúna – 11,4 – equivale a um terço do resultado em Minas Gerais e a um sexto dos números relatados nacionalmente. Outro ponto é que baseado nos boletins diários sobre a doença na cidade, 83% das pessoas infectadas já se encontram recuperadas.

 

“Os resultados são positivos, porém a população ainda não pode deixar os cuidados básicos de prevenção de lado. O uso obrigatório da máscara, do álcool gel, do respeito ao isolamento social e distanciamento entre pessoas mostraram sua eficiência e precisam ser mantidos” defende.

 

A Secretaria Municipal de Saúde está retomando também as campanhas de orientação e conscientização. Ações de prevenção serão realizadas em parceria com as entidades de classe que compõe o grupo CDE Itaúna e também com as cidades da microrregião (além de Itaúna, fazem parte também Itatiaiuçu, Piracema e Itaguara).

 

Além disso, na manhã desta terça-feira, 22/09, foram entregues oficialmente ao Hospital Manoel Gonçalves os 10 respiradores (ou ventiladores mecânicos como também são conhecidos) doados pela FIEMG, através do SINDIMEI e repassados aos municípios mineiros no início do mês.

 

Veja também