NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 15 de julho de 2019

 

Nesta quinta-feira,11, foi realizada no Hotel Granja Glória, reunião sobre as principais demandas da cidade de Itaúna na área de Segurança Pública, com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais, general Mario Araújo.

No dia 30 de maio de 2019, foi protocolado ofício em audiência com o secretário na sede do governo de Minas Gerais, demandando uma reunião em Itaúna para debater e achar soluções para atender as principais demandas sobre Segurança Pública, identificadas em pesquisas realizadas com associados das entidades que compõe o CDE, que são empresários, suas famílias, colaboradores destas empresas, que correspondem a aproximadamente 92% da população de Itaúna.

A reunião precisou atender ao protocolo, regras e normas de segurança, impostas pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, bem como os convites enviados.

Como proposta de trabalho, a reunião contou com apresentações dos representantes dos comandos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e do Departamento Penitenciário de Minas Gerais, que apresentaram as estatísticas referentes a atuação de cada órgão de segurança no município, suas dificuldades e quais soluções necessárias.

Os debates aconteceram com a presença de membros de órgãos e entidades ligadas a Segurança Pública do município, como o TJMG, a Associação de Segurança Pública de Itaúna, o Consepi, a Apac e a Apac Juvenil, o Tiro de Guerra, a OAB Itaúna, além da presença do Sindicato Rural, do Sicoob Crediuna e do Senar.

O secretário general Mário Araújo falou sobre a reunião: “Discutimos vários projetos para a cidade de Itaúna na área de Segurança Pública. Temos muito interesse em uma construção constante para melhoria da segurança. Trabalhamos com indicadores de criminalidade de Minas Gerais e Itaúna, e organizamos projetos para serem implementados neste ambiente, para melhorias de impacto em toda Segurança Pública”, comentou general Araújo.

 

 

Principais assuntos da pauta

 

A reunião trouxe uma ampla discussão acerca das principais demandas de Itaúna, como a construção da nova sede da Delegacia de Polícia Civil em Itaúna, consolidação do projeto da Associação de Proteção e Assistência aos Adolescentes em Conflito com a Lei, transformação da Delegacia de Polícia Civil de Itaúna em Delegacia Regional, adequação do número de efetivos da Polícia Civil, necessidade de ampliação do número de investigadores da Polícia Civil, necessidade de maior efetivo, investimento em infraestrutura, armamento e viaturas – Polícias Civil e Militar, elevação da 51ª Cia Polícia Militar de Itaúna para Cia Independente, implantação do projeto Olho Vivo e a construção da nova unidade prisional do município.

Sobre o presídio de Itaúna, general Araújo comenta proposta apresentada para resolução desta demanda. “Apresentamos uma nova proposta para que, com a disponibilidade de terreno, será um importante passo para a construção do presídio, o que irá desafogar o que hoje se encontra na região central da cidade. Estive visitando o presídio e vi que de fato precisa de muita atenção. Precisamos colocar em prática o projeto”, destacou.

Sobre a Apac Juvenil, o general destacou. “Estamos buscando uma solução para tratar os jovens infratores, olhando a demanda local”. Em relação a nova sede da delegacia, o general evidenciou que apoiará em todas as esferas do governo para que seja possível a construção no menor espaço de tempo possível.

 

Plano de Ações

 

“Foram definidos prazos para os projetos, para adiantar todas as soluções. Aspectos que dependem da secretaria e governo, foram imediatamente providenciados através de ligações e retornos imediatos, durante a reunião. Agora, as discussões voltam para a comunidade itaunense, para que outras ações também sejam providenciadas”, finalizou general Araújo.

Como proposta de trabalho, Maurício Nazaré propôs um Plano de Ações, onde foi possível pontuar os próximos passos e responsáveis para que as demandas do município possam ser atendidas pelo Governo de Minas.

O prefeito de Itaúna, Neider Moreira de Faria, também participou de todo o encontro, onde afirmou o compromisso para com as principais demandas, tendo papel importante na consolidação das metas propostas.

Estiveram presentes ainda na reunião, o presidente da ACE Itaúna, Afonso Henrique, o presidente da Câmara Municipal de Itaúna, Alexandre Campos, o vice-prefeito, Fernando Franco, o juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Infância e Juventude da Comarca de Itaúna, Dr. Ivan Pacheco Castro, o magistrado, Dr. Paulo Antônio de Carvalho, os assessores de deputado Estadual, Gustavo Mitre, Jardel Magalhães e Gustavo Barbosa, além de diretores das entidades do CDE Itaúna.

O evento foi produzido pelas entidades que compõe Centro de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental de Itaúna (CDE)