NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 14 de junho de 2021

Supermercados: rodízio é válido apenas para CPF, não tendo abrangência para CNPJ – Foto Sanni Magalhães

 

 

Após a alta de casos e internações causadas pela Covid-19 em Itaúna e em toda a macrorregião Oeste, o Governo de Minas fez alterações nas medidas de prevenção contra a doença na Onda Vermelha do programa Minas Consciente, entretanto, até este domingo 06/06, quando as medidas entrariam em vigor, Itaúna ainda não aderiu as decisões tomadas pelo estado.

 

As novas recomendações do Plano Minas Consciente incluíam o fechamento de academias e salões de beleza, a restrição de consumo em bares e restaurantes às 19 horas, sendo a venda permitida somente por delivery e a proibição de qualquer tipo de evento, atrativos culturais e naturais.

 

Segundo a Assessoria de Comunicação do município, como não houve nenhum decreto que colocasse em vigor essas medidas, fica valendo o último decreto feito pelo Executivo Municipal, aquele que proíbe consumo de bebidas alcoólicas em público, restringe as atividades comerciais às 22h30 e impõe o rodízio de idas aos supermercados através do último número do CPF.

 

Ainda sobre o decreto do município, a Prefeitura informou na tarde deste domingo, 06/06, em nota, que o rodízio é válido apenas para CPF, não tendo abrangência para CNPJ.