Sete ocorrências são registradas por falhas nas urnas em Itaúna

Foto: Jornalismo Santana FM/ Sete ocorrências são registradas por falhas nas urnas em Itaúna

Paloma Guimarães

Eleitores foram às urnas neste último domingo (7) e muitos foram os registros nas redes sociais alegando fraude nas urnas eletrônicas. Em Itaúna a Polícia Militar foi acionada 7 vezes por problemas na hora da votação. Destes registros cinco são de eleitores que alegaram que iriam votar no presidenciável Jair Bolsonaro, mas houve algum problema na urna e não conseguiram votar. Na cidade também houve registro de uma possível fraude eleitoral com uma senhora de 82 anos.

Os registros nos boletins de ocorrência foram em diversas urnas espalhadas pela a cidade. As situações relatadas pelos eleitores são bem diversas. Confira os relatos feitos pelos eleitores junto aos militares em boletim de ocorrência.

Uma das ocorrências foi na Escola Estadual Manoel da Costa Rezende, seção 140 Zona 62, de acordo com os relatos da senhora  de 66 anos, a votação acontecia normalmente, contudo durante o voto para presidente, ao digitar o número 17 relativo ao candidato Jair Bolsonaro, a tela de urna eletrônica ficou toda cinza, ela teria então corrigido na tela apropriada e tentou novamente registrar seu voto, mas nada apareceu na tela e repentinamente a urna teria encerrado a votação aparecendo a palavra fim. Ela também alega que em momento algum não apareceu a foto e nem o nome do candidato.

Já um outro registro foi com um jovem de 28 anos, que alegou ter realizado o voto no candidato Jair Bolsonaro na seção 207 que estava localizada na escola do bairro Jadir Marinho. O jovem alega que após digitar o número de seu candidato à presidência pressionou a tecla verde, e imediatamente apareceu “NULO” e posteriormente foi encerrada a votação.

Uma senhora de 71 anos também procurou a Polícia Militar, ela alega que ao realizar seu voto no candidato Jair Bolsonaro na seção 57 que estava localizado na escola Sesi, não apareceu a foto do candidato, mesmo assim apertou a tecla verde e imediatamente apareceu “VOTOU” e encerrou-se a votação.

Na seção 73 também houve registro de eleitores, alegando falhas nas urnas. Um senhor de 68 anos alegou aos militares que a urna apresentou uma falha e não lhe deu a opção de votar para presidente. O senhor fez questão de enfatizar sua intenção de votar em Jair Bolsonaro e ainda relatou que conseguiu votar para os demais cargos.

Já na seção 163 uma mulher de 35 anos registrou ocorrência alegando que a urna eletrônica apresentou falha, finalizou sua votação sem ter acionado a tecla confirma.

Outro registro feito foi na Escola Municipal Dr. Lincon Nogueira Machado, no bairro Lourdes na seção 93. O homem de 33 anos acionou os militares, pois ao realizar seu voto para presidente, digitou o número do candidato, porém antes de apertar a tecla ‘CONFIRMAR” a urna eletrônica apagou. Ele também relatou que não sabe se seu voto foi computado, o mesmo também relatou que conseguiu votar normalmente para os outros cargos.

Uma senhora de 82 anos acionou a Polícia Militar na seção 74, alegando que teria chegado as 14h para votar na Escola Municipal Dona Maria Augusta de Faria para exercer seu direito de votação e ao apresentar seu título de eleitor, foi informado pelos mesários da seção que ela não podia votar, pois o seu voto já teria sido realizado e computado pelo sistema das urnas eletrônicas. A senhora suspeita que tenha sido vítima de fraude eleitoral.

Neste domingo (7) após várias postagens nas redes sociais o chefe do cartório eleitoral de Itaúna e Itatiaiuçu Euder Monteiro falou da confiabilidade das urnas eletrônicas. (Para rever a matéria clique aqui)

“A urna eletrônica é muito confiável, nós não temos nenhum registro de fraude comprovado durante todos esses anos que nós utilizamos a urna eletrônica e todos os votos podem ser sim auditados por meio das várias auditorias que a justiça eleitoral faz, sobretudo a auditoria conhecida como “votação Paralela” e que agora chama “auditória de funcionamento da urna eletrônica”, disse Euder.

%d blogueiros gostam disto:
WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux