NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 28 de janeiro de 2021

Empresa Ferguminas em Itaúna – Foto Reprodução Internet

 

A Siderúrgica Ferguminas em Itaúna registrou, na tarde desta quarta-feira 25 de novembro, uma explosão decorrente de uma reação química devido ao contato do ferro gusa com a água. A informação foi confirmada pela empresa e pelo Corpo de Bombeiros, que esteve no local para realizar uma inspeção, mas não precisou atuar na ocorrência. Não houve vítimas.

Segundo a empresa, um furo na parte de baixo de um forno provocou o vazamento de ferro gusa (ferro líquido), que acabou tendo contato com a água e essa reação química provocou um deslocamento de ar. Por conta disso, houve a explosão. A Siderúrgica afirmou ainda que não houve chamas e o problema foi sanado internamente.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Itaúna, por conta do deslocamento de ar, algumas telhas se soltaram do galpão. O local estava sem atividades no momento, segundo informado aos militares e, por isso, só estavam neste forno os trabalhadores responsáveis pela manutenção.

 

Explosão

Segundo os bombeiros, o chamado entrou na corporação como uma explosão de alto-forno. Imediatamente foram deslocadas equipes de combate a incêndio para a empresa, mas chegando ao local a situação era diferente.

Não havia fogo e o que foi constatado foi realmente a reação química.

 

Terceiro incidente no local

O tenente Boaventura, do Corpo de Bombeiros, informou que este é o terceiro incidente que ocorre na empresa, este ano.

O primeiro foi quando houve uma intoxicação de trabalhadores; o segundo foi em setembro, quando um galpão contendo silo de carvão pegou fogo por 20 dias e agora a explosão por deslocamento de ar.

 

Por G1

 

Itaúna: após 20 dias, incêndio em siderúrgica é totalmente contido

 

 

Bombeiros combate chamas em siderúrgica de Itaúna há uma semana

 

Galpões de siderúrgica em Itaúna pegam fogo

 

EXCLUSIVO: Funcionários que se intoxicaram em siderúrgica de Itaúna têm alta