NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 30 de novembro de 2020

Foto Reprodução Internet

 

Você já se sentiu esgotado, irritado, estressado e com uma sensação de cansaço extrema, que nunca passa?

Pois é, essas são as principais características da Síndrome de Burnout!

A Síndrome de Burnout aparece devido ao excesso de tarefas e ao acúmulo de responsabilidades. Ela é o resultado de ambientes estressantes, de muita pressão e de longas jornadas de trabalho.
.
Os principais sintomas são:

▪️oscilações de humor,
▪️choro fácil,
▪️sentimento de culpa, ▪️irritabilidade,
▪️alterações no sono,
▪️alterações no apetite,
▪️baixa concentração,
▪️dores de cabeça,
▪️isolamento,
▪️dores musculares,
▪️falta de ar,
▪️sentimento de infelicidade.

As pessoas perfeccionistas estão muito suscetíveis a essa síndrome, devido ao seu alto grau de exigência.

 

Sem falar nas mulheres, que se desdobram em jornadas de trabalho dupla ou mesmo triplas, e nesse cenário de pandemia se encontram ainda mais sobrecarregadas.

 

Elas acumulam tarefas em casa, têm que auxiliar os filhos com as atividades da escola, além de ter que dar conta da vida profissional.

Se você se identificou com os sintomas, procure um psicólogo ou psiquiatra! A Síndrome de Burnout, se não tratada, pode evoluir para um transtorno de ansiedade, Síndrome do Pânico ou mesmo um quadro depressivo.

 

Ganhar dinheiro para disfrutar de uma vida confortável é importante, mas o trabalho não pode ser o centro da sua vida, para ser feliz é preciso investir também em outras áreas.

 

Viver em função do trabalho pode até ser prazeroso, mas a longo prazo só traz adoecimento e solidão.

 

Por isso desacelere, preze pelo equilíbrio e não assuma mais responsabilidades do que você possa cumprir! Cuide de você!❤️

 

Fernanda Nogueira
Psicóloga
Pós Graduada em Neuropsicologia
Pós Graduada em Psicologia Org. e do Trabalho
@fernandanogueira_psi