NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 17 de setembro de 2019

G1

Policiais civis do Rio prenderam nesta quarta-feira (12) um homem suspeito de ser um dos chefes do tráfico de drogas em Itaúna, Minas Gerais. Cristiano dos Santos Vacal também é apontado como o autor de um duplo homicídio na cidade . O suspeito foi detido nesta quarta por agentes da 64ª DP em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Cristiano dos Santos, também conhecido como “Carioca”, foi condenado pela Justiça em 2018 por matar, cinco anos antes, os irmãos Anderson Nunes da Silva, conhecido como “Periguete”, e Edson dentro de um hospital de Itaúna. Anderson seria rival da quadrilha chefiada por Cristiano.

Na época, a investigação indicou que Cristiano e comparsas renderam duas enfermeiras do Hospital Manoel Gonçalves – onde Anderson estava internado – e, armados, foram ao quarto onde a vítima estava internada e atiraram em Anderson e Edson.

Anderson estava internado após outra ação chefiada por Cristiano. O homem teria sido torturado e baleado numa casa que fica no bairro Morada Nova. Mas sobreviveu e foi levado para uma unidade de saúde de Itaúna.