NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 22 de outubro de 2019

Um traficante paraguaio, de 32 anos, foi preso no bairro Arvoredo, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ele e outros dois homens, um deles do Espírito Santo, são suspeitos de fornecer drogas para uma dupla, de 31 e 33 anos, que traficava a substância ilícita no bairro Floramar, na região Norte de Belo Horizonte.

Com o paraguaio, foram apreendidas drogas armazenadas em uma mochila. Também foram localizados com ele uma arma caseira e duas munições calibre .40.

O paraguaio é de Pedro Juan Caballero, cidade que faz divisa com o Brasil, e já havia sido visto pela instituição em um hotel de Belo Horizonte. O homem estava na capital com objetivo de traficar drogas. Há suspeita de que ele faça parte de uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas

De acordo com a Polícia Civil, ele possui antecedentes criminais no Chile e no Paraguai. O homem é proibido de se sair do seu país de origem por causa de alguns crimes, como homicídio.

Mais informações sobre o caso serão repassadas em coletiva de imprensa nesta segunda (16).

Como a Polícia chegou ao paraguaio

Agentes da instituição chegaram até os dois traficantes no bairro Floramar depois de receberem denúncias de que ambos estariam dentro de um veículo vendendo cocaína e crack. Ao avistar os dois homens, os policiais descobriram que o automóvel, pertencente a uma locadora de veículos, havia sido alugado no Espírito Santo, mas não havia sido devolvido na data prevista.

Os policiais continuaram a seguir o veículo. Por diversas vezes, os ocupantes dos carros desciam em ruas ou iam até hotéis, onde se encontraram com os suspeitos de fornecer a droga. Um desses encontros ocorreu em um hotel localizado às margens da Linha Verde, em Confins.

Depois de vigiar um dos suspeitos por algumas horas, os policiais viram o paraguaio saindo do hotel e seguindo em direção à uma casa localizada à rua GG, no bairro Arvoredo. O condutor do veículo foi abordado pelos agentes e se identificou como o suspeito de 31 anos.

No carro dele, não foram localizados material ilícito, mas o homem confessou que havia drogas na casa onde estava. Os agentes se dirigiram até lá, onde encontraram o paraguaio e as drogas.