NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 27 de novembro de 2020

Uberlândia fica com o Troféu Inconfidência – Foto: Facebook Oficial / Reprodução

 

A Federação Mineira de Futebol (FMF) decidiu cancelar a final do Troféu Inconfidência, após reunião na tarde desta quarta-feira. O Cruzeiro abriu mão do título do mini torneio e, por isso, o Uberlândia foi declarado campeão.

Na manhã desta quarta, a FMF havia cancelado a partida entre os dois clubes por causa dos casos de COVID-19 entre atletas e funcionários do Uberlândia. Ao todo, 13 testaram positivo.

Em ofício, a FMF destacou que o Cruzeiro abriu mão do título da competição. Além disso, não existiam datas disponíveis para a realização de uma nova partida, devido à participação da Raposa na Série B do Campeonato Brasileiro.

Em nota, o Cruzeiro afirmou que a decisão se deu “pelo princípio do fair play, por entender que a essência do futebol é promover uma disputa justa entre as equipes, o que deixou de ser possível no atual cenário, e pela preservação da saúde e da vida dos atletas”.

O clube celeste ainda parabenizou o Uberlândia pela campanha no Campeonato Mineiro e pelo título do Troféu Inconfidência. Assim como a FMF por ter acatado o pedido da Raposa.

 

Troféu Inconfidência

O Troféu Inconfidência foi criado pela Federação Mineira de Futebol (FMF) com duelos entre o 5º e o 8º e entre o 6º e o 7º colocados do Campeonato Mineiro. O regulamento ainda prevê uma vaga para a Copa do Brasil 2021, caso Minas Gerais tenha direito a um quinto time.

Além disso, o vencedor também alcançará uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2021, permitindo um planejamento melhor da próxima temporada.

 

Veja o ofício da decisão:

“Considerando que, no referido ofício, a equipe do Cruzeiro, em atitude de louvável solidariedade, se dispõe a abrir mão da disputa da partida final válida pelo Troféu Inconfidência, concedendo à equipe do Uberlândia Esporte Clube o título de Campeã do Troféu Inconfidência, desde que não haja nenhuma sanção regulamentar e/ou disciplinar em virtude desta não realização;

Considerando que a não realização da referida partida não trará qualquer prejuízo à Competição; Considerando a obrigação assumida pela FMF de cumprir procedimentos rigorosos com o intuito de obter um maior controle no combate à contaminação causada pelo vírus;

Considerando o compromisso da FMF com a prevenção diante do alto risco de propagação e contaminação em massa, dando prioridade absoluta à integridade física dos jogadores, membros de comissões técnicas, árbitros e demais profissionais envolvidos;

Considerando a excepcionalidade do momento atual que exige a adoção de medidas inéditas e não previstas nos Regulamentos da Competição; Considerando que o Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva, bem como sua Procuradoria Geral, cientes da singularidade da situação e a justa causa do pedido, ao serem consultados, concordaram com a solicitação do Cruzeiro Esporte Clube”.

 

Veja a nota do Cruzeiro na íntegra:

 

“Diante da impossibilidade da realização da partida diante do Uberlândia nesta quarta-feira, em solidariedade ao time do Triângulo Mineiro, que possui em seu elenco diversos atletas diagnosticados com Covid-19, o Cruzeiro Esporte Clube formalizou junto à Federação Mineira de Futebol a intenção de abrir mão da disputa do Troféu Inconfidência, sugerindo, assim, que o Uberlândia Esporte Clube fosse declarado como o legítimo campeão do torneio.

O posicionamento do Clube se baseou em diversos fatores, mas foi norteado especialmente pelo princípio do fair play, por entender que a essência do futebol é promover uma disputa justa entre as equipes, o que deixou de ser possível no atual cenário, e pela preservação da saúde e da vida dos atletas, em um momento atípico de pandemia pelo qual o mundo atravessa, e que afetou diretamente a realização da partida.

O Cruzeiro aproveita para agradecer publicamente a Federação Mineira de Futebol por acatar o pedido e parabeniza o Uberlândia pelo título e pela campanha no Campeonato Mineiro e no Troféu Inconfidência. O Clube também reforça, mais uma vez, os votos de pronta recuperação aos atletas da equipe uberlandense

 

Do Uai