NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 23 de janeiro de 2020

O paciente estava em observação no Hospital Mater Dei – Foto: Felipe Drummond/O Tempo

 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) confirmou, na manhã desta quinta-feira (16), a morte de mais uma pessoa internada com suspeita de síndrome nefroneural em Belo Horizonte. O paciente de 89 anos, cuja identidade ainda não foi informada à imprensa, estava em observação no Hospital Mater Dei, na capital mineira. O corpo chegou ao Instituto Médico Legal (IML) ainda no início do dia onde, neste momento, é submetido a um procedimento de necrópsia para que seja detectada a causa do óbito.

Um outro paciente também internado com suspeita da doença no Mater Dei – unidade do Santo Agostinho, na região Centro-Sul da cidade – não resistiu à gravidade do quadro e morreu na manhã dessa quarta-feira (15). Os dois pacientes são considerados como mortes suspeitas da doença, possivelmente causada por intoxicação por dietilenoglicol.

Ambos estavam entre os casos suspeitos notificados à Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), um total de 18 desde dezembro do ano passado. Ainda será preciso aguardar os exames sanguíneos desses dois pacientes para confirmar que a contaminação causou os óbitos.

Por O Tempo