NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 4 de agosto de 2021

adiada fim vacinacao

 

 

 

 

Ministério da Saúde recomendou que o prazo se estendesse em locais onde a meta ainda não foi cumprida

Atendendo orientação do Ministério da Saúde, Itaúna também prorrogará a campanha de vacinação contra a gripe, até que a cobertura de 80{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} do grupo prioritário seja atingida. Crianças entre 6 meses a menores de 5 anos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), portadores de doenças crônicas, dentre outros, que não tomaram a dose, devem procurar a unidade de saúde mais próxima e levar o cartão de vacinação.

O último levantamento nacional divulgado em 20/05 mostrou que apenas 40{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} dos brasileiros já vacinaram. Por esta razão, a oferta da dose que protege contra três subtipos do vírus (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B) será estendida, ampliando assim o número de cidadãos protegidos em todo o país. Em Itaúna o público-alvo é de 17.608 pessoas, mas somente 8.150 foram vacinadas.

Quem ainda não foi vacinado deve procurar as Unidades de Saúde no município.

Confira os dados:

Itaúna público-alvo 17.608 pessoas – 8.150 vacinadas

Idosos- 9.981 pessoas – Vacinados 5.379

Crianças-4.722 no total- 2.095 vacinadas

Puérperas- 140 mulheres- 78 vacinadas

Trabalhadores Saúde- 916 pessoas – 78 vacinadas

Saiba mais

A vacina é segura e evita o agravamento da doença, internações e óbitos. Estudos demonstram que a imunização pode reduzir o número de hospitalizações por pneumonias e de mortalidade por complicações da influenza (no período de frio as chances de contágio da doença aumentam). Leva cerca de 15 dias para fazer efeito.

Após a aplicação, podem ocorrer dores no local da injeção e o endurecimento leve da pele, manifestações que geralmente passam em 48 horas. A vacina é contraindicada a pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

A transmissão dos vírus influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar ou através das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

O Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples para evitar a doença, como lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal, dentre outros. Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível (mesmo pessoas vacinadas devem procurar imediatamente o médico ao apresentarem os sintomas da gripe – febre, tosse, dores na garganta, na cabeça, musculares e nas articulações, dentre outros).